Image Map

sábado, 9 de setembro de 2017

10 CENAS COMUNS EM UM COTIDIANO NO JAPÃO

Olá querido leitor!

Hoje acordei, abri a janela de minha sacada e vi um lindo sábado de sol com temperatura por volta dos 25 graus. Seria um ótimo dia para passear, não é mesmo? Mas, a primeira coisa que passou pela minha cabeça foi: “Oba, vou colocar meu futon na janela”. Você não deve estar entendendo nada, mas hoje o post é sobre 10 cenas comuns no meu dia a dia no Japão.

1. Sobrenome da família na porta de entrada

No portão da frente de todas as casas fica uma placa com o sobrenome da família. Até mesmo nos apartamentos existe uma identificação ao lado da porta. Acredito que seja um costume antigo que os japoneses conservam até hoje. Ultimamente tenho reparado em placas cada vez mais modernas. A maioria ainda utiliza a escrita em kanjis mas muitos agora adotam também o alfabeto romano.




2. Alto falantes nas ruas

Sim, existem alto falantes por toda a cidade. Chamados de “Bosai Musen”, neles são transmitidos avisos importantes como alertas de terremoto e míssil (como foi o caso da semana passada), tufões, ventos fortes e nevasca. Todos os dias por volta das 16h30min no inverno e 17h30min no verão emitem uma mensagem avisando para as crianças retornarem para suas casas. E também, o mais triste de todos, aqui na minha cidade pelo menos, diariamente às 17h no inverno e 18h no verão toca uma musiquinha avisando que o dia acabou (lembra o final do Fantástico no domingo rs). Muitos acreditam nessa teoria, mas na verdade é uma forma de verificar se todo o sistema está funcionando corretamente.

3. Y nas placas dos automóveis

É fato que todas as placas de automóveis no Japão levam uma letra em hiragana e uma sequência de números. Mas, por que algumas placas levam a letra “Y” em alfabeto romano? As placas que iniciam com a letra “Y” identificam que aquele veículo pertence à um condutor americano. Para quem não sabe, moro próximo de uma base militar americana e por isso é comum vê-los transitando por aqui.




4. Música avisando que o estabelecimento fechará

Como a organização faz parte do nosso dia a dia por aqui, uns 10 minutos antes de fechar qualquer estabelecimento, é tocado uma música padrão para avisar os clientes. E como pontualidade é uma marca japonesa, nada de se atrasar, ou seja, lendo nas entrelinhas, apresse-se.

5. Placas avisando sobre tarados

Sim, é muito comum ver essas placas alertando sobre tarados principalmente perto de bosques e de estações de trem. Ainda acho estranho, mas infelizmente existem muitos casos.




6.  Garçom leva a conta na mesa

Os japoneses têm um cuidado imenso com o cliente. Quando vamos à um restaurante, assim que o garçom leva o pedido à mesa, ele já deixa a conta com o valor total à ser pago. Mas, como fazer isso conforme à etiqueta japonesa? Repare nos detalhes .... ele sempre deixará a conta virada para baixo (afinal, não é nada digestivo comer olhando para o valor que terá que desembolsar depois) e ao lado da mulher (conforme a cultura japonesa é a mulher que administra o dinheiro da família, sendo assim responsável por pagar as contas. Mas, em muitos restaurantes familiares, por exemplo, existe um local no centro da mesa já reservado para deixar a conta).

7. Futon nas varandas

Uma das cenas mais comuns no Japão. Dia de sol, as mulheres logo correm para estender o futon (a maioria dos japoneses dormem em futons, uma espécie de edredon grosso) na varanda para evitar o mofo.




8. Carimbo na aba do envelope

Olha, o Japão me surpreende. Um país tão tecnológico, mas ao mesmo tempo tão antigo. Eles ainda conservam muitas tradições de milênios passados, confesso que acho lindo, mas por vezes irritantes também. Repare nesse carimbo na aba do envelope, comprovando que ninguém o violou. Via isso somente em filmes antigos.






9. Provador de maquiagem

Os estabelecimentos fazem de tudo para atender bem o cliente por aqui. Pensando nisso, na seção de maquiagens, existem todos esses itens à sua disposição para você se limpar após testar suas amostras. Quantas vezes passamos milhões de cores de batons no braço e depois saímos da loja parecendo um arco-íris kkkk  Agora não mais!




10. Transporte de idosos

Como é importante observar a cultura e o cotidiano das pessoas quando moramos em outro país. Vejo essa cena todos os dias, ao retornar do trabalho, e penso como os países são diferentes. No Brasil, ao final da tarde, é comum ver a movimentação de vans escolares e o som das buzinas na frente das casas avisando aos pais que seus filhos já chegaram. Bem, aqui, em contrapartida, não existe isso já que as crianças vão e voltam sozinhas das escolas. Mas, existe as vans que levam os idosos para sua casa após passar o dia todo em um asilo.




Fico feliz em compartilhar um pouco do meu dia a dia aqui no Japão e dividir com você as cenas tão comuns para mim. Me conte nos comentários o que achou. Concorda? Discorda? Achou estranho? Muita coisa acho legal, assim como, muita coisa discordo também, mas essa é a magia de se morar fora. Ver com seus próprios olhos que nenhum lugar do mundo é perfeito.

Para mais fotos e curiosidades do Japão, nos adicione nas redes sociais >>>

Canal do Marido no Youtube: www.youtube.com/naterradosushi
Twitter Sakano: www.twitter.com/sakanosan


Abraços,

Thais Fioruci


2 comentários:

  1. http://www.melhoresdestinos.com.br/roteiro-japao-hiroshima.html

    Parabéns Thais, seu blog foi cotado no Melhores Destinos !
    Abraços, Celso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Celso!

      Muito, muito obrigada por me informar. Fiquei muito feliz! Não sabia da divulgação do Perdida em um canal de tanto prestigio. Se não fosse vc, nem ficaria sabendo.

      Abraços,
      Thais Fioruci

      Excluir