Image Map
Mostrando postagens com marcador Turismo no Japão. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Turismo no Japão. Mostrar todas as postagens

sábado, 10 de março de 2018

VAI VISITAR O JAPÃO? ENTÃO SE LIGA NESSA INFORMAÇÃO!


Olá viajantes!

No post de hoje separei uma informação valiosíssima para quem for visitar a província de Kanagawa, localizada próxima à Tokyo e que compreende cidade muito conhecidas como Yokohama e Hakone.


Yokohama


Sabemos bem que internet é fundamental nos dias de hoje e como muitos turistas chegam ao arquipélago sem um telefone habilitado para uso, ou sem internet móvel (alguns optam por não alugar, pois os preços não são lá aquela bagatela), o departamento turístico da região resolveu dar uma ajudinha.

Você poderá emprestar um smartphone totalmente gratuito por um período de três dias.  Com ele, é possível efetuar ligações locais e internacionais ilimitadas, ter acesso rápido ilimitado à internet e também acesso à diversas informações turísticas.

Para alugá-lo, o visitante deve se dirigir aos seguintes centros de informações turísticas:

>Yokohama Station Tourist Information Center
>> Sakuragicho Station Tourist Information Center
>> Shin Yokohama Station Tourist Information Center
>> Kamakura Tourist Information Center
>> Hakone Total Tourist Information Center

Para mais informações, acesse aqui a página oficial da cidade de Yokohama ou curta aqui a página de Turismo em Kanagawa.

Espero que essa dica seja de grande ajuda!

Boa viagem!

Thais Fioruci





sábado, 3 de março de 2018

TEMPORADA SAKURAS 2018 - PREVISÃO DA FLORAÇÃO


Olá leitor/a !

Estou super ansiosa para a chegada da primavera! Não sei se estou certa ou errada, mas senti que o inverno esse ano foi terrível! Dias com neve e muito frio! Essa semana a temperatura subiu um pouco, graças a Deus. Um dia voltando do trabalho, ao passar por uma casa, percebi que as flores de ume (ameixa) já estavam desabrochando. Você não imagina a minha felicidade ao ver essas lindas florzinhas, pois isso é sinal que o triste inverno já passou e a nossa linda primavera está chegando!

A primavera é um dos eventos mais aguardados pelos japoneses. Para eles, é como se fosse um rito de passagem, além do final do inverno, marca o inicio do ano letivo escolar, a entrada em uma nova empresa e um novo ano fiscal. Por isso, essa florzinha carrega um significa muito especial para eles.

Como sei que muitos turistas deixam para visitar o Japão nessa época, nada melhor do que acompanhar a floração das sakuras, visto que, por ser um fenômeno natural, ela pode adiantar ou atrasar conforme as condições climáticas.

De acordo com uma previsão da Japan Meteorological Corporation, esse ano as flores começarão a desabrochar na capital seis dias antes do normal, atingindo o pico em 28 de março. Para comparação, o ano passado elas floresceram no dia 21 de março. Lembrando que Okinawa é a primeira região do arquipélago onde as sakuras desabrocham. Devido ao clima subtropical ela começam a aparecer na ilha em janeiro.


Foto retirada do site Japan Guide


É difícil programar a viagem dependendo dessa incerteza. Sei bem disso, por isso costumo indicar o site Japan Guide para acompanhar o andamento da floração. Eles sempre publicam “reports” e fotos de vários locais famosos abertos para visitação. Esse ano, conforme publicado, em Tokyo, a estimativa de floração é para dia 24 de março e a melhor época para apreciação será do dia 31 de março à 8 de abril. Na região de Kansai, onde estão localizadas as cidades de Kyoto, Osaka e Nara, muito visitadas por turistas nessa época, a previsão é para dia 27 de março com a melhor estimativa de apreciação de 2 à 10 de abril.

Então, fique atento, acompanhe as previsões e já programe seu hanami!

Beijos
Thais Fioruci










Referência:
https://www.japan-guide.com/sakura/






terça-feira, 28 de novembro de 2017

NÃO PASSE FRIO NO JAPÃO – DICAS VALIOSAS PARA VENCER O INVERNO JAPONÊS

>> ATENÇÃO!!! Post com muitas fotos =)


Olá viajante!

Como você está? Espero que esteja bem!

As temperaturas já estão despencando por aqui! Os japoneses (e eu também) já iniciaram os preparativos para superar mais um longo inverno que vem pela frente. Roupas pesadas, chás, sopas, aquecedores, querosene (para abastecer o aquecedor) e muitos produtos que aliviam o ressecamento da pele. Pensando naqueles que virão ao Japão nos meses de inverno (as temperaturas baixas começam no final de novembro e permanecem até março), listarei algumas dicas para que o frio não atrapalhe sua viagem. Espero que goste!

>>> USE ROUPAS APROPRIADAS

Ter as vestimentas certas para o inverno do Japão faz toda a diferença. A maioria das roupas de frio do Brasil não protege das baixas temperaturas daqui. Se você tiver um casaco bem pesado, traga-o, caso não tenha, sugiro investir em um por aqui mesmo. Uma dica é comprar blusas de manga longa com a tecnologia Heattech na Uniqlo para utilizar por debaixo dos casacos.


Valor aproximado ¥1500 


>>> PROTEJA AS INTERLIGAÇÕES DO CORPO

Costuma ventar muito por aqui e no inverno não seria diferente. É um vento tão gelado que se deixar qualquer espacinho no seu corpo descoberto, o vento vai penetrar e gelar até sua alma. Por isso, os japoneses costumam cobrir bem as interligações do corpo como pescoço, tornozelos e barriga (geralmente nas interligações entre uma peça de roupa e outra). Use e abuse de cachecóis, luvas, gorros, toucas, pescoceiras, mijão (aquela calça que os homens usam por baixo), polainas (descobri aqui a verdadeira utilidade disso) e protetores de orelhas.




Essa peça de roupa da foto ao lado é uma espécie de cinta, acho que posso denominá-la assim, que as japonesas usam na barriga para evitar que o vento penetre na interligação entre a blusa e a calça. Vende na Uniqlo e o preço é ¥790.








>>> COMPRE MUITOS “KAIROS”

Não sei se isso existe apenas aqui ou tem em outros países também. O fato é que em janeiro e fevereiro, o frio, principalmente para quem nunca saiu do Brasil, é congelante. Dependendo da região, é impossível ficar na área externa. E quando seu corpo já está quase congelado, o “kairo” sempre está ali para te salvar. É esse saquinho que quando aberto, entra em contato com o ar e como num passe de mágica, ele produz calor. Existem diversos tipos: para colar sobre a roupa, para usar no interior dos sapatos, nas meias, para colocar nos bolsos e aquecer as mãos. Facilmente encontrado nas farmácias nessa época, são bem baratos e vale muito a pena ter uma coleção deles.






>>> CONSUMA BEBIDAS QUENTES

O visitante encontrará facilmente bebidas quentes nas máquinas de venda automáticas espalhadas pelo país, assim como em lojas de conveniência e supermercados. No nosso canal do Youtube, fizemos um vídeo para sugerir bebidas que aliviam a dor de garganta, sintoma comum no inverno devido ao vento gelado. Confira lá e não esqueça de se inscrever. 




>>> CARREGUE CONSIGO UM PROTETOR LABIAL

Eles estão aos montes nas prateleiras das farmácias e supermercados. É muito importante ter um com você e sempre utilizá-lo. Beba também bastante liquido!




>>> USE CREMES, MUITOS CREMES.

Como nessa época do ano passamos a maior parte do tempo exposto aos aquecedores dos lugares, nossa pele resseca muito. Não se assuste caso veja mãos de vendedores em lojas carregada de cortes e feridas. Por isso, utilize muitos cremes para o corpo, mãos e pés. No vídeo, damos mais dicas de produtos bons que usamos no nosso dia a dia. Confira aqui.



Produto para cicatrizar cortes nas mãos


>>> USE MÁSCARA

Sei que para nós, o fato dos japoneses usarem máscaras no seu dia a dia, pode parecer estranho. O verdadeiro motivo é para não transmitir e nem pegar resfriados no inverno, mas muitas pessoas (e eu me incluo também), a utiliza apenas para proteger o rosto do vento gelado. Funciona! Experimente e depois me conte nos comentários!


>>> COMPRE PALMILHAS QUENTINHAS!

Sim, palmilhas para deixar seu calçado mais quentinho. Vendido nas lojas de 100 ienes.




>>> CONSUMA ALIMENTOS QUENTES

Nessa época os restaurantes colocam no cardápio opções de pratos bem quentes para suportarmos o frio. Lámen, oden, udon, kare (curry), sukiyaki são apenas algumas das várias opções na culinária japonesa.


>>> COMPRE PRODUTOS ESTRANHOS QUE SÓ VEMOS NO JAPÃO

Muitos japoneses sofrem de um problema chamado “katakori” que é a rigidez na área dos ombros e pescoço. No inverno, os músculos tendem a se contrair mais devido às baixas temperaturas, piorando as dores. A maioria costuma frequentar os “onsens” (águas termais), faz banhos de imersão no ofuro (banheira) e utiliza produtos para esquentar essa região. Provavelmente você, turista, não sofrerá de "katakori", mas nada o impede de comprar esses itens que também para utilizar para outras finalidades. 




Bem, o post já ficou imenso. Espero que tenha aproveitado as dicas e confira o vídeo especial que fizemos mostrando os produtos que usamos no nosso dia a dia durante o inverno. Ficou com dúvidas? Mande um email para perdidanojapao@hotmail.com

Obrigada por ler,

Abraços

Thais Fioruci






quinta-feira, 19 de outubro de 2017

DINHEIRO NO JAPÃO – COMO É E QUANTO LEVAR?

Olá turistas!

Vamos para mais um post para ajudar quem pretende visitar o Japão e também, por que não dizer, qualquer outro país do mundo.

Quando vamos visitar um país, durante seu planejamento de viagem, um dos principais tópicos a ser discutido é sobre o dinheiro. Antes de mais nada, é preciso saber qual a moeda utilizada no local onde irá visitar. Então, outras perguntas surgirão: como levá-lo (comprar em uma casa de câmbio no Brasil já em moeda local, comprar em dólares e trocar assim que chegar no país de destino ou levar em reais e trocar por lá mesmo), se virar no cartão de crédito ou adquirir aqueles cartões de crédito pré-pago próprio para viagens. Claro, que antes de decidir temos que levar em consideração dois aspectos: segurança e qual a opção mais vantajosa.

Se está começando o planejamento de sua viagem para o Japão, já anota ai: a moeda oficial utilizada na terra do sol nascente é o yen ou em português iene.

As cédulas estão divididas nos seguintes valores: 1,000, 2,000 (nota muito rara, portanto se tiver a sorte de encontrá-la, guarde-a com você), 5,000 e 10,000 ienes. E as moedas nos seguintes valores: 1, 5 (ela tem um furo no centro), 10, 50 (também é furada), 100 e 500 (moeda de maior valor). Convertendo para o real, 1000 ienes equivale à aproximadamente R$30,00.


Cédulas e moedas utilizadas no Japão

Agora, uma dica importantíssima, por mais que pretenda utilizar o cartão de crédito, tenha sempre dinheiro em espécie. Claro, muito lugares hoje em dia já aceitam cartão de crédito, mas a sociedade japonesa preza muito pelo dinheiro portanto, o costume de pagar com notas e moedas (algo já quase extinto em países desenvolvidos) é ainda a forma preferida por aqui. Repare como o dinheiro é bem cuidado. As pessoas nem sequer dobram as notas, tanto que todos utilizam carteiras enormes para colocá-las abertas. Muitas das moedas são super antigas e ainda circulam em ótimo estado de conservação.

Então, não se esqueça, tenha dinheiro consigo e guarde as moedas! Em alguns lugares como armários só são aceitas moedas (às vezes encontrará uma máquina para trocar a nota por moedas). E não se preocupe, se tiver apenas uma nota de valor alto para pagar um produto barato, aqui eles não reclamam e nem sequer fazem cara feia.

Uma alternativa, caso não queira ficar andando com muitas notas (não se preocupe com relação à roubos), é carregar seu cartão Pasmo/Suica (cartões para pagar as tarifas de trem/ônibus. Saiba mais clicando aqui) com uma certa quantia para fazer pagamentos em lojas de conveniência, máquinas de venda automática, restaurantes, etc.

Dificilmente os japoneses devolvem troco errado, assim como, se você der dinheiro a mais, logo te informarão. São sempre muito honestos.

Ah ... e já que estamos falando sobre dinheiro, que tal dar um passadinha no post que escrevi sobre o Museu da Moeda japonesa em Tokyo. Clique aqui para ler e se julgar interessante, pode colocar no seu roteiro pela capital japonesa. 

Quanto trazer?

Dúvida cruel, não é mesmo? Calcular um valor diário depende muito do perfil de cada viajante. Mas, se você é do tipo de pessoa que não faz questão de muito luxo, já pagou a acomodação e está com seu JR Pass em mãos, calculo uns ¥10.000 ienes por dia para suprir gastos diários com transporte (quando for utilizar linhas não pertencentes à JR, deve pagar a tarifa excedente), alimentação e entrada de algumas atrações. Claro, que se for à parques como a Disney ou a Universal, onde a entrada custa aproximadamente ¥7000 ienes, deve ser calculado à parte desse valor. Também, reserve um valor extra para as compras. 

Não se esqueça que a capital japonesa é uma das mais caras do mundo e a tentação em artigos fofos (impossível não pirar com as coisas daqui) é muito grande, portanto, traga dinheiro e se possível uma malas vazia =).  

Bem, espero ter ajudado de alguma forma. Ficou com alguma dúvida? Mande email para perdidanojapao@hotmail.com ou entre em contato comigo pelas redes sociais abaixo.

Canal do Marido no Youtube: www.youtube.com/naterradosushi
Twitter Sakano: www.twitter.com/sakanosan



 Bye bye
Thais Fioruci






sábado, 15 de julho de 2017

VERÃO NO JAPÃO - DICAS DE PRODUTOS PARA DRIBLAR O CALOR



Olá pessoal,

*post com muitas fotos

O verão já chegou por aqui. Ainda estamos em julho e hoje aqui em Yokohama os termômetros já marcam 33 graus. Agosto é considerado o pior mês, pois as temperaturas registram 38 graus nas regiões de Tokyo (em outras regiões ultrapassam essa marca) e a sensação térmica pode ultrapassar os 40 graus. Muitas pessoas irão dizer “ah, mas no Brasil também faz essas temperaturas”, eu sei, mas acontece que o calor é diferente. É abafado, não tem vento, a umidade do ar faz as pessoas suarem loucamente parecendo que acabaram de sair do banho, o sol de fritar ovo no asfalto. Pode ser que seja parecido ao calor do Mato Grosso (me perdoem nunca estive lá para comparar), mas pra mim, que sou de São Paulo é terrível. Para quem me acompanha há algum tempo, sabe, DETESTO o verão daqui. Mas fazer o que ... só me resta contar os dias até o final dele. Sorte que dura bem pouco, cerca de dois meses. 

Em agosto, depois de enfrentarmos vários dias quentes, o corpo já dá sinais de exaustão. Uma palavra que ouvimos muito nos noticiários nessa época do ano é a expressão “natsubate (夏バテ)” causado pelo frequente choque térmico entre a temperatura quente dos lugares externos com o ambiente gelado que faz dentro das lojas, restaurantes, meios de transporte devido ao ar condicionado. Cansaço, dor de cabeça, falta de apetite, indisposição, dificuldade de raciocínio e concentração, diarréia, prisão de ventre, tontura e febre são apenas alguns dos sintomas. 

Protetor solar - diversas opções

Somado a tudo isso ainda temos o suor excessivo que faz com que diminua os líquidos e sais minerais no corpo, fazendo com que você sinta muita sede. Após alguns dias de altas temperaturas parece que a água já não é suficiente, pois o corpo está desidratado. Por isso, é essencial o consumo de bebidas ionizadas como Aquarius ou Poccari. 



Como o suor fica depositado na pele, as pessoas começam a se coçar e surgem vários hematomas vermelhos pelo corpo. Eu e meu marido já passamos por isso, e sem saber o que era fomos ao médico. Por isso é ideal, nunca coçar e sempre lavar com água e sabão. Caso esteja em um ambiente que não seja possível lavar, se limpe com lenços umidecidos.


Embalagem fofa não?

Essa linha Ban é a minha preferida. Dá um frescor na pele e o cheiro que fica no corpo parece que acabou de sair do banho


E por último, uma outra palavra que ouvimos bastante é “necchuushou, 熱中症”, ou seja, hipertermia que ocorre quando há uma exposição em ambiente de alta temperatura e o corpo não consegue promover a perda de calor ou reduzir a produção de calor. Infelizmente muitas pessoas, inclusive idosos, acabam morrendo.


Adesivos para diminuir a temperatura do corpo


Diante de todos esse problemas, as lojas ficam abarrotadas de produtos para tentar amenizar o calor excessivo. Essa é uma dica muito importante principalmente para turistas que pretendam vir nessa época do ano. (Dica extra para os turistas tragam desodorantes, porque os daqui não são bons e o cheiro de "CC" é inevitável.) 


Nessa época os produtos já ficam expostos logo na entrada das lojas


 
Spray para refrescar a roupa

Travesseiro gelado

Shampoo refrescante   






 
Toalha para refrescar a cabeça

Ande sempre com chapéu, sombrinha (aqui tem umas especiais que protegem dos UVA/UVB), leque e carregue sempre consigo balas de sal. Agora, muitos produtos são acrescidos de uma maior quantidade de sal para essa época do ano, voce conseguira identificá-los pelo kanji de sal >>> (しお).

Espero que essas dicas o ajude, mas mesmo assim, faça um seguro viagem caso alguma urgência aconteça (espero que não). Ah ...  não se esqueça, você pode economizar no seguro viagem comprando conosco. Clique aqui e escolha a opção que mais se encaixa no seu tipo de viagem. 

Abraços,
Thais Fioruci



>
.
.
.
.

Referências:
http://www.alternativa.co.jp/Servico/View/30012/Como-evitar-doencas-do-verao-japones







quarta-feira, 2 de novembro de 2016

GUIA DE COMPRAS NO JAPÃO! O QUE E ONDE COMPRAR



Olá viajantes!!!

Saudades de postar aqui! Estava de férias mas voltei =) Quero agradecer aos inúmeros comentários que recebi nesse meu período "off" e estou correndo para responder todos. Muita calma nessa hora e vamos ao post de hoje (mulheres preparem a carteira porque aposto que irão gostar do assunto de hoje rs).

O Japão é o paraíso das compras! A tentação é muito grande, porque o país faz questão de ter produtos ultra mega fofos. Outro objeto de desejo da maioria das meninas que desembarcam na ilha são as maquiagens. Tente entrar em uma farmácia japonesa e sair sem nada, é completamente impossível. Se não comprar por necessidade, vai levá-lo só pela fofurice da embalagem. Pra mim, o Japão é o campeão olímpico no quesito de embalagens fofas e com design inovador. Às vezes, o produto em si não muda a fórmula, mas a marca desenvolve uma edição especial com um tema especifico no rótulo. Sim, os japoneses são extremamente consumistas e digo por experiência própria, você tem que se segurar e muito para não dar uma de louca e sair comprando tudo. 


É muita fofura para pouca embalagem!

Mas, para os turistas uma grande barreira é a língua e onde comprar determinados produtos. Para ajudá-los fiz um “mini guia” de compras, especificando as lojas e o que são vendidos nelas. Listarei as redes de lojas mais famosas do Japão e que geralmente possuem filiais por todo o país.

>>>> ELETRÔNICOS:

- Yodobashi Camera = No bairro de Akihabara tem uma loja gigante e por ser um bairro turístico, muitos vendedores falam inglês. Ainda nessa área há uma infinidade de lojas especializadas em eletrônicos e diversas outras focadas em animes e mangas. Se quiser conhecer mais sobre o bairro clique aqui

DICA DE OURO>> Se tiver a intenção de fazer várias compras nessa lojas, em sua primeira compra, peça para fazer o "POINTO KADO" (pode falar assim que eles entenderão), um point card, aonde ganha pontos a cada compra. Dai, em sua segunda compra, já poderá utilizar os pontos e ganhar um desconto extra.    

- Bic Camera = Em Shinjuku há uma unidade do Bic Camera exclusiva chamada de BICQLO, que nada mais é que uma junção de duas lojas: o Bic Câmera e a Uniqlo. Legal né? Assim você matará dois coelhos em um passeio só! Mais informações aqui

Ainda temos outras lojas conhecidas como o Nojima, LAB, Softmap e o Yamada Denki.

>>>> VESTUÁRIO

- Uniqlo = Na minha opinião as melhores filiais estão nos bairros de Ginza e Shibuya, essa última conta com opções de camisetas com design exclusivos para turistas. Uma ótima recordação do Japão e também caso queira levar uma lembrancinha para os amigos e familiares. Conheca mais sobre a Uniqlo aqui

- GU = Rede de lojas do mesmo grupo que a Uniqlo mas com um estilo de roupas mais diferenciado. Deseja conferir o design de suas roupas e saberm em que ela se difere da Uniqlo? Clique aqui.

- Shimamura – Uma loja de roupas bem popular aqui no Japão e que oferece preços tentadores. Tem uma loja no Aqua City em Odaiba. 

- Ainda temos as estrangeiras Berskla, H&M, Zara, GAP, entre outras.

>>>> PAPELARIA E DECORAÇÃO

Se estiver turistando pelo Japão, você PRECISA,leia de novo, PRECISA visitar pelo menos uma das duas lojas abaixo:

- Loft – Tem uma unidade em Shibuya. Você encontrará itens de papelaria, artigos de cozinha, malas, acessórios, produtos de higiene e muitas curiosidades. É como se fosse a Tok e Stock do Brasil. 



- Tokyu Hands – Também tem uma unidade em Shibuya e fica à 7 minutos à pé da saída Hachiko da estação de Shibuya. Muitos itens de papelaria, decoração, saúde e beleza, artigos para cozinha, banheiro, produtos de limpeza, bolsas, carteiras, relógios, itens de viagens, ciclismo, acessórios para celulares, ferramentas. É tanta coisa que certamente gastará horas lá dentro. 



- Donki Hot – Na verdade eu nem sei se esta loja se encaixaria nesse tópico, mas ela é imperdível e com certeza é uma visita obrigatória. Ela é bem bagunçada e bem poluída visualmente, mas tem muitos artigos curiosos e os melhores preços para maquiagens e produtos de higiene pessoal. Ainda encontrará comida, papelaria, itens de viagens, utensílios de cozinha, eletrônicos, eletrodomésticos, meias, vestuário, artigos importados. Bem tem de tudo um pouco. Só terá que ter muita paciência, pois os corredores são bem estreitos e sempre está cheia. 

>>>> HYAKUEN SHOP 

Os hyakuen shops são na verdade os nossos R$1,99. É uma loucura e sério, você tem que visitar pelo menos uma delas. Existem várias redes, mas as mais famosas são essas:

- Daiso = Com certeza a mais famosa e já tem até unidades no Brasil. Nesse tipo de lojas encontrará de tudo que possa (ou não) imaginar. Uma das maiores unidades da rede fica no centro de Tokyo, no bairro de Harajuku, no coração da famosa rua Takeshita. 

- Seria = Gosto é gosto. Em qualquer lugar do Japão que for, encontrará uma loja do Daiso mas pra mim, os produtos do Seria ainda são melhores e menos com cara de China, sabe. Na loja de departamento Marui em Shinjuku, no quarto andar, tem uma unidade. 

>>>> CD´s

Bem, se alguém tiver interesse em comprar cd´s de canções japonesas ou coreanas, as lojas mais famosas no Japão são a HMV e a Tower Records.

>>>> ARTIGOS PARA BEBÊS 

Além das famosas H&M e a GAP, uma loja muito frequentada pelos japoneses para a compra de artigos para bebê é a Nishimatsuya ou conhecida pelos brazucas como “a loja do coelhinho”. 

>>>> BRINQUEDOS 

Você pode comprar no Yodobashi Camera ou no Donki Hot mas se procura algo mais especifico visite a famosa Kiddyland em Harajuku, a Pokemon Store ou a Toys “R” Us

NÃO ESQUEÇA: Muitas lojas são tax free, ou seja, livre de impostos para turistas. Aqui pagamos 8% de imposto em tudo o que consumimos. Então, no momento do pagamento, mostre seu passaporte!  

Espero ter ajudado e se ficar mais alguma dúvida, é só perguntar =)

Siga-nos nas redes sociais =)

Canal do Marido no Youtube: www.youtube.com/naterradosushi
Twitter Sakano: www.twitter.com/sakanosan

Abs
Thais Fioruci